João Batista Melo começou seus estudos musicais ainda criança, com o professor Elias Salomé, apresentando-se em shows e programas de televisão como acordeonista e cantor. Mais tarde, estudou no Conservatório de Poços de Caldas e na Fundação de Educação Artística, em Belo Horizonte. Estudou composição com Guilherme Antonio Ferreira, Ronaldo Cadeu e Sergio Rodrigo.

 

Ainda adolescente, tornou-se aficcionado por trilhas sonoras de filmes. E na década de 1990 assinou resenhas de lançamentos do gênero nos jornais Hoje em Dia e Estado de Minas. Produziu e apresentou um programa semanal sobre trilhas na Rádio Guarani, de Belo Horizonte. 

 

Seus trabalhos mais recentes incluem a composição das trilhas sonoras para os curta metragens "A janela" e "Um ano novo danado de bom", e para o book trailer  de seu romance "Malditas fronteiras".

Tema do curta-metragem

"Um ano novo danado de bom", executado pela Orquestra Ouro Preto no Festival Musimagem 2016. Composição e orquestração de João Batista Melo.

Trilha musical do book trailer do livro "Malditas fronteiras" composta por João Batista Melo.